quarta-feira, 13 de julho de 2016

Vento Solar



Vento solar


Aline Santana
Bárbara Raiane 
Camila Santos
Jamily araujo
Sarinne pires
Thais Alcântara


link da imagem {http://www.nasa.gov/sites/default/files/thumbnails/image/15-217-master.png}





RESUMO: Será que esses tais ventos solares são iguais os ventos terrestres, sendo só o movimento do ar na atmosfera. Não nada disso, errado. Os ventos solares são muito mais perigosos e destruidores. E nós já vamos lhes mostrar, o por que.

PALAVRAS CHAVES : Poder do Sol, Elementos Químicos, Campo magnético, Auroras 


Primeiramente o que é?

link da imagem {http://msalx.mundoestranho.abril.com.br/2013/04/24/1605/Ecos0/original-9.gif?1366830344}

Bom sabemos que o sol é composto primariamente de hidrogênio, e de hélio, com traços de muitos outros elementos, incluindo ferro, níquel, oxigênio, silício, enxofre, magnésio, néon, cálcio e crômio. Ele forma elétrons e núcleos de átomos de elementos da estrela como, hidrogênio e o hélio que acabam não suportando a elevada temperatura da superfície do sol, estimada em 1 milhão de graus Celsius. Por isso partículas acabam escapando de seu campo gravitacional, para todas as direções do sistema solar e com “partículas acabam escapando” queremos dizer 1 milhão de toneladas por segundo a uma velocidade de 300 e 800 quilômetros por segundo. Assim se forma o inigualável, vento solar.


Qual é a influência do vento solar em nosso planeta?

Algumas, que vai de interferência em transições via satélite, a auroras boreal e astral. Além da capacidade de deixar cidades inteiras sem eletricidade, provoca caos aéreos e atrapalha quem depende de GPS para se orientar. Também segundo a BBC.com ”ventos solares intensificam raios na Terra, segundos eles quando as partículas, solares, os ventos, entram em nossa atmosfera em alta velocidade, o número de raios aumenta. Com alguns dados pesquisadores descobriram que havia uma media de 442 raios nos 40 dias após o vento solar atingir a Terra, antes dos ventos, a média era de 321 raios “parece que esses ventos solares, trazem com eles um grupo de partículas com energia, ligeiramente mais baixa, e elas provocam um aumento na incidência de raios”, diz o coordenador da pesquisa Chris Scott.
Também devemos lembrar que em 1859, houve a maior tempestade geomagnética de que se há registro. O sol arremessou bilhões de toneladas de partículas que, quando bateram no campo magnético criaram auroras espetaculares nas cores vermelha, verde e roxo, no céu noturno – além de correntes poderosas de eletricidade que saltaram do chão para os fios, sobrecarregando os circuitos. Segundo cientistas, é impossível prever quando será a próxima tempestade solar monstro, e se a Terra estará em seu caminho.

O CICLO DO SOL

 “Em média, a cada 11 anos, o Sol passa por períodos nos quais ocorrem a
diminuição e o aumento de suas atividades. Nos períodos de aumento, as explosões em sua superfície levantam uma nuvem de partículas 13 vezes maior que a Terra, que é lançada para o Sistema Solar a mais de 1,6 milhão km/h. Esse fenômeno arrasta gases evaporados dos planetas, poeira meteórica e raios cósmicos de origem galáctica que podem atingir o campo magnético da Terra, momento em que provoca as tempestades geomagnéticas, que alteram a intensidade e a direção do campo magnético terrestre. Em casos extremos, há quedas de energia elétrica, interferência no funcionamento dos satélites de comunicações e de instrumentos de navegação, com efeitos imprevisíveis sobre o clima. ” está matéria foi retirada do site revistaguiafundamental.




Por que estamos seguros de poder destrutivo?

Por que temos a proteção de um escudo criado pela magnetosfera, o campo magnético da Terra, sem ele obviamente estaríamos enrascados. Ele é responsável por desviar a maioria das partículas circulando em torno da Terra. Assim como os padrões climáticos da Terra, os padrões de vento solar podem mudar rapidamente. Assim como o planeta nós humanos também temos campos magnéticos ao nosso redor que é muito semelhante aos da Terra. Estudos recentes mostram que a magnetosfera está apresentando sinais de “rachaduras” causadas certamente pelos ventos solares. Se essa proteção permitisse a passagem dos ventos ocorreria grandes consequências como: o contato com a radiação ser mortal para os seres vivos , alterações climáticas, entre varias outras consequências.

link da imagem {https://4.bp.blogspot.com/-TiwZm6IFiTk/VyEErtRDAUI/AAAAAAAAhak/jKwPcvOOCJACZH_iP6SBpRLh5bpnzxh5gCLcB/s1600/magnetosfera%2Bimages.jpg}



Fatos curiosos - marte-2015


Foto: Getty Images

Foi descoberto recentemente que marte perdeu sua atmosfera e ficou deserta por conta dos fortes ventos solares , segundo NASA como os ventos atingem com grande força o planeta vermelho, ele acaba se desgastando e sofrendo erosão, o que também explicaria o planeta ter perdido a agua que uma vez cobriu o hemisfério norte, pesquisa da NASA apontam que o planeta sofre o bombardeio de partículas solares a todo instante o que o torna desértico e sem vida, mas é claro que, outras pesquisas apontam outras teorias.


Gelo na Lua 2012


link da imagem{http://cdn.portal730.com.br/images/stories/2016/julho/homemlua.jpg}

Há três anos, a NASA mandou um satélite para a superfície lunar, onde ele descobriu partículas de gelo, tornando a história da lua ser seca um mito técnicos continuaram a estudar esse evento e concluiram que as partículas de gelo são criadas na lua pelo vento solar.

“Quando os ventos solares atingem a superfície lunar com forçando suficiente, eles rompem a ligação do oxigênio em matérias do solo lunar, para se juntar e assim formar agua”. Disse Yang Liu, professora assistente do departamento de ciências terrestres e planetárias da UT. “isso não ocorre na terra por que nossa atmosfera e o campo magnético do planeta e nos protegem dos bombardeios desse vento, já a lua na ao possui essa proteção”, mas para chegar nessa conclusão, a equipe da UT estudou amostras do solo lunar trazidos para a terra pelas missões Apollo 1960 e 1970. A analise desse material revelou que continha hidrogênio, os cientistas ainda foram capazes de identificar que o hidrogênio tinha origem nos ventos solares.


Curiosidades
- O vento solar atravessa todo o sistema solar, interagindo com os diferentes corpos que o compõem.

- A energia arrebatada pelo vento solar representa apenas um milionésimo da energia total fornecida pelo Sol.

- As características do vento solar são fortemente variáveis no tempo e no espaço. Assim, a sua velocidade de expansão pode variar de 300 a 1000 quilômetros por segundo.

- Apenas a Terra, nos planetas interiores e Júpiter, nos planetas exteriores, apresentam magnetosferas de dimensões apreciáveis.

- A primeira evidencia da existência do vento solar foram graças as caudas dos cometas. Quando um núcleo do cometa se aproxima suficiente do Sol, a intensidade da radiação e do vento, conseguem retirar matéria do cometa, criando duas caudas, sendo uma delas, a radial, o resultado direto do vento solar sobre as partículas ionizadas libertadas pelo cometa.

- No filme o núcleo mostra alguns fatos interessantes se por acaso nosso campo magnético, nosso escudo, desaparecesse os ventos solares penetrariam a uma lenta velocidade no planeta, além de levar a agua embora, os aparelhos eletrônicos seriam afetados. Um fato interessante mostrado no filme foi o aparecimento da aurora polar, que surge quando partículas solares aprisionadas no campo da Terra são arrastadas através da atmosfera em direção aos polos.

- As tempestades solares costumam se intensificar a cada 11 anos.


Auroras

link da imagem {http://imguol.com/2013/04/17/12abr2013---ja-esta-imagem-da-noruega-tambem-registra-a-aurora-boreal-criada-em-12-de-abril-de-2013-por-causa-das-emissoes-de-massa-solares-1366231095229_956x500.jpg}

No caso da Terra, o vento solar que a atinge é capturado pelo campo magnético do planeta, formando o cinturão de Van Allen, na magnetosfera terrestre. Este cinturão apenas permite que as partículas carregadas entrem na atmosfera da Terra pelos polos, dando origem a fenômenos luminosos de excitação e desexcitação dos átomos de oxigênio, as auroras boreais.


Referências
Ventos solares intensificam raios na Terra, diz estudos. Leia mais: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/05/140515_ventos_solares_raios_rw


O que é o vento solar?. Leia mais: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-e-o-vento-solar




O vento solar consiste na emissão de pparticulas(átomos neutros,electrões e iões). Leia mais: http://www.prof2000.pt/users/angelof/af16/ts_sol/vento_solar.htm

As tempestades solares e seus efeitos sobre a Terra. Leia mais: http://revistaguiafundamental.uol.com.br/professores-atividades/96/artigo256855-1.asp


3 comentários: