quarta-feira, 13 de julho de 2016

GERADORES DE ENERGIA




GERADORES DE ENERGIA, O QUE SÃO, QUEM OS INVENTOU E PARA QUE SERVEM.

Denilton Ribeiro
Larissa Santos
Marilane Santos
Pedro Augusto
Rodrigo Bomfim


Resumo: No artigo a seguir traremos respostas para aqueles que possuem interesse em se aprofundar no assunto, alegaremos assim a criação, funcionalidade e uso desses revolucionários equipamentos que são os geradores de energia elétrica.

Palavras-chave: Geradores, Movimento, Conversão, Eletricidade.

Quem nunca se perguntou o que seria dos hospitais, mercados ou até de grandes eventos sem eles quando ocorre uma queda de energia, no entanto muitos ainda são leigos quando se trata do funcionamento desses aparelhos, afinal de contas o que é um gerador de energia e quem teve essa ideia brilhante?
  
Para começar vamos à criação:
 
Antes do ano de 1930 as fontes de energia eram restritas a pilhas e baterias, contudo, no dia 17 de outubro de 1831, o inglês Michael Faraday, teve a brilhante ideia de transformar energia mecânica em energia elétrica, criando dessa forma um aparelho gerador de energia. Este gerador consistia em um disco de cobre que girava no campo magnético formado pelos polos de um ímã de ferradura e produzia uma corrente elétrica contínua.

No final daquele mesmo ano o então o precário inventor Faraday divulgou a sua formulação original que deu na lei da indução eletromagnética. Porém a lei apresentada não foi exibida em uma equação matemática como conhecemos hoje, pois a arriscada formação de Faraday não permitia tais elaborações, logo depois James Clerk Maxwell compõe uma das quatro leis fundamentais do eletromagnetismo. 

Mas o que são geradores elétricos?

Geradores de energia, ou geradores elétricos, são equipamentos que transformam energia solar, eólica ou de alguma outra origem em energia elétrica, ele é composto por dois polos (negativo e positivo) tendo que trabalhar de modo que possibilite manter uma diferença de potências entre eles, existe também um tipo de receita básica para entendermos melhor o processo da geração de energia, sendo ela Bobina + Ímã (Rotor + Estator) = Indução Eletromagnética (movimento capaz de produzir energia elétrica). sabendo que o positivo possui uma potência maior, temos que ter em mente também que precisamos compreender dois tipos de geradores, o ideal e o real.

O gerador ideal é aquele que possui a capacidade de abastecer as cargas elétricas que o atravessam por toda a energia gerada, a tensão elétrica, diferença entre seus polos, leva o nome de f.e.m (força eletromotriz), que é demonstrada ao lado pela letra E:
Já os geradores elétricos reais são aqueles que a corrente elétrica passa por eles sobre uma determinada resistência, possuindo assim uma certa perda na energia total, será representado como r logo ao lado:
Atualmente possuímos vários tipos e modelos de geradores, mas o mais simples, e mais conhecido também, é o dínamo, variando se entre ele converte energia mecânica em energia elétrica, sendo formado por um ímã estável em um eixo móvel que, ao adentrar em rotação, cria um campo magnético que gera corrente elétrica.

O Site Indústria hoje nos ajuda a aprofundarmos nesse assunto:

Os geradores de energia apresentam características que convertem a energia mecânica em energia elétrica, baseado no fenômeno da indução eletromagnética, o dínamo, gerador de corrente contínua, funciona convertendo a tal energia mecânica contida na rotação do eixo em intensidade de um campo magnético produzido por um ímã, o girar do rotor induz uma tensão nos terminais dos enrolamentos, onde conectados a cargas levam a circulação de correntes elétricas. [1]

Sendo assim ele afirma também que existem cerca de quatro tipos de geradores que convertem energia mecânica para energia elétrica:

Existem quatros tipos de geradores que convertem a energia mecânica em energia elétrica, são eles Gerador de Corrente Contínua, Gerador de Indução, Gerador Síncrono e Motores Elétricos, eles apresentam voltagens e tensões diferentes, os mais utilizados são das marcas Stemac, Toyama, Vonder, Nagano, CSM, Schulz, entre outros, com modelos a base de gasolina, diesel e opções digitais. [2]
 
Entretanto os locais que necessitam de energia como os hospitais possuem um equipamento mais elaborado e de grande porte, eles carecem de   um grupo de geradores, nesse caso não é apenas o gerador que trabalha, juntamente com ele está um motor que fica responsável pelo início do equipamento e um tanque de combustível para a alimentação do motor.

Como se trata de um dispositivo de alto porte ele é recomendado para ambientes que precisem de energia constante, seja como fonte principal ou secundária.

Abaixo uma lista de tipos diferentes de geradores para cada atividade:

Gerador elétrico de 1500 a 2500 KVA:
Indicados para áreas que necessitam de máximo desempenho, como usina e indústrias de grande porte;

Gerador elétrico de 1000 a 1500 KVA:
Indicados para estabelecimentos de grande porte que precisam de grandes quantidades de energia elétrica como indústrias de automóveis ou siderúrgicas;

Gerador elétrico de 750 a 1000 KVA:
Indicados para os estabelecimentos que precisam de potência como os segmentos de refinarias ou call center;

Gerador elétrico de 500 a 750 KVA:
São geradores eficientes que possuem alta tecnologia, são indicados para os setores de siderúrgica, fábricas de cimento ou tijolo;

Gerador elétrico de 370 a 500 kVA:
É uma ótima opção para casa de festas ou grandes eventos, pois são robustos e desempenham em alta potência;

 Gerador elétrico de 270 a 370 kVA:
É mais utilizado pelo mercado varejista, que precisa de modelos que sejam silenciosos, porém potentes;

Gerador elétrico de 130 a 270 kVA:
Possuem um bom desempenho em indústrias químicas ou em fábricas de pequeno porte

Gerador elétrico de 60 a 130 kVA:
Indicado para construção civil

Gerador elétrico de 10 a 60 KVA:
Utilizado em empresas do ramo de telecomunicações, porém atendem as necessidades de diversos outros segmentos sem perder a robustez.

Agora que já descobrimos o que são os geradores elétricos e suas respectivas áreas possuímos também uma noção da sua importância em locais que requisitam uma fonte de energia constante, como foi o nosso exemplo do hospital, que possuem mais do que simples geradores, e sim um grupo deles.

Referencias:
Como funciona um Grupo Gerador de Energia. Leia mais em:
Como funciona um gerador. Leia mais em:
Michael Faraday e o primeiro gerador. Leia em:
Você sabe o que são geradores? Leia mais em:
Estudo dos geradores. Leia mais em:
http://www.colegioweb.com.br/estudo-dos-geradores/o-que-sao-geradores.html  
_______________________

[1] INDÚSTRIA HOJE, Como Funciona Um Grupo Gerador de Energia, Tamires Almeida 2/out/2015 Disponível em <http://www.industriahoje.com.br/como-funciona-um-grupo-gerador-de-energia>. Acesso em: 17 de julho 2016.
[2]INDÚSTRIA HOJE, Como Funciona Um Grupo Gerador de Energia, Tamires Almeida 2/out/2015 Disponível em <http://www.industriahoje.com.br/como-funciona-um-grupo-gerador-de-energia>. Acesso em: 17 de julho 2016. 
.










 

3 comentários: