sábado, 26 de novembro de 2016

A ASCENSÃO DO TERRORISMO NA EUROPA





Ismael de Souza
Emanuel Douglas
Stefanny Martins 
Jacó da Conceição
Brenda Dias 


RESUMO: 

Nesse artigo, iremos tratar sobre um dos maiores problemas atuais, a expansão de grupos terroristas pelo mundo. Tornando-se uma preocupação internacional, será abordada as ideologias desses grupos, a intolerância e a xenofobia na Europa, como também o seu contexto histórico. Uma forma de trazer o entendimento sobre o que leva o egoísmo do homem a matar milhares de inocentes para conquistarem os seus objetivos em interesses políticos. 

PALAVRA-CHAVE: Europa; Terrorismo; Intolerância; Xenofobia; 
 
SUMMARY: 

In this article, we will address one of the biggest problems today, the expansion of terrorist groups around the world. As an international concern, it will address the ideologies of these groups, intolerance and xenophobia in Europe, as well as their historical context. A way of bringing understanding about what drives man's selfishness to killing thousands of innocents to achieve their political goals and interests.

KEYWORD: Europe; Terrorism; Intolerance; Xenophobia;

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/03/1754545-terrorismo-afeta-operadoras-da-europa-e-muda-destinos-para-o-verao.shtml


O terrorismo consiste no ato de violência para causar o medo e provocar opressão na sociedade, seus modos de ataques sejam com explosivos ou arma de fogo, têm como intuito causar pânico na população, esses radicais conquistam o poder em um determinado território e usam da força para formação de um "governo". Infelizmente a cada ano, o terrorismo vêm se expandindo desde o Estopim, a invasão do Império Romano ao Oriente Médio, até aos dias atuais. Por via das dúvidas, o terrorismo não era um tema bem tratado nas décadas anteriores por todo mundo, mas hoje vem sendo uma das principais preocupações para a segurança dos estados.  

Com um dos maiores acontecimentos históricos, foi o atentado world Trade Center, conhecido mundialmente como o atentado às torres gêmeas que foram assumidas pela Al Qaeda, onde tinham como líder o terrorista Osama Bin Laden e seu braço direito Saddam Hussein que levou os Estados Unidos a uma guerra longa e sangrenta, mas que aparentemente tomou um alívio depois da morte de Osama Bin Laden. O que preocupa o mundo na atualidade é o grupo extremista estado Islâmico que chocou o mundo nos últimos anos com seus ataques, mas o estado Islâmico ficou famoso pela sua forma cruel de matar seus prisioneiros, na maioria repórter que vão para descobrir um pouco mais sobre a guerra da Síria.

Ataque as Torres Gêmeas, no dia 11 de Setembro de 2001, após 15 anos do maior ataque terrorista da história norte americana, responsável pelo grupo Al-Qaeda sob liderança de Osama bin Laden:
 
Fonte: http://www.diariodobrasil.org/ex-piloto-e-ex-agente-da-cia-choca-o-mundo-nenhum-aviao-atingiu-as-torres-gemeas-eram-hologramas/


Cada grupo terrorista tem seu objetivo, a morte de homossexuais tem ideias advindas de Maomé, onde o mesmo diz: "A homossexualidade deve ser punida com a morte"... Chamando atenção pela forma que faz suas execuções, como: decapitação, carbonizado, arrasta a vitima em praça pública e entre outros... Existem diversas organizações terroristas e por incrível que pareça não faltam recrutas, mas por quê? Essas pessoas já cresciam em meios de preconceito e isto para eles é uma vingança onde seu principal objetivo é chamar a atenção de todos, matando pessoas inocentes é a melhor ideia.

A XENOFOBIA NA EUROPA

Percebemos ao longo dos anos, como a xenofobia e a intolerância vem crescendo na Europa. A xenofobia começa quando estrangeiros que migram para outro país são tratados com preconceito, pela sua diferença cultural ou religiosa. Na Europa, onde é muito forte a xenofobia, são utilizados de argumentos para justificar a realidade do preconceito e intolerância contra os imigrantes, uma dela são as questões econômicas, onde eles alegam que o mercado de trabalho torna-se muito mais intenso e difícil devido o aumento da oferta de mão de obra, mas quando paramos para analisar as formas que os imigrantes são inseridos em seus territórios, é inevitável que as condições ilegais desses imigrantes impeçam que eles façam parte da elite.  

Percebemos também que a Europa tem um medo muito grande em perder de suas tradições, o que se diz sobre a desnacionalização. Onde partidos de esquerdas são a favor da xenofobia com o receio da perda de sua essência da sociedade europeia. A Islamofobia é a desconfiança de que os muçulmanos sejam uma ameaça para as suas tradições nacionalistas, essa semelhança nasceu desde os atentados world Trade Center, e vem sendo usado do sensacionalismo dos meios de comunicação para disseminar a indiferença. 

O ISLAMISMO 

Fonte: http://www.icatolica.com/2015/11/o-islamismo-e-religiao-da-paz.html

Os muçulmanos na realidade são pessoas que seguem as doutrinas de Maomé presentes no livro sagrado, o Alcorão. Maomé ou Muhammad foi o fundador do islamismo, nascido na Arábia Saudita antigamente conhecida como Meca ficou órfão ainda jovem tendo que ser criado por seu tio, aprendeu sobre o monoteísmo ainda cedo aos 12 anos de idade com um monge Cristão que viera conhecer, aos 25 anos Maomé se casa com uma viúva como o homem da casa agora Toma posse dos negócios de sua mulher e nesse período já usava de meditações que é uma dessas práticas da doutrina islâmica, no ano de 610 d.C ele ouve o Arcanjo Gabriel em uma de suas meditações de acordo com a região islâmica e ele dizia para Maomé aprender e ensinar as escritas do Alcorão pregações eram muito famosas e logo virou o chefe religioso e militar após negociar com os tipos de Medina e árabes.
Grupos de fundamentalistas levam a sociedade a pensar que todas as pessoas muçulmanas ou com suas características sejam terroristas, mas sabemos que não é bem assim. As pessoas acabam sendo alienadas pelas mídias sócias, que difundem uma imagem deturpada que não mostra os interesses políticos que a por trás desses grupos, mas sim mostrando sempre a imagem de muçulmanos sempre revoltados e violentos.

O islamismo é a religião que mais está crescendo no mundo, com isso, a população islâmica vem crescendo constantemente na Europa, concentrando-se na Alemanha, na França, na Itália e no Reino Unido.

Mesmo com a crise imigratória na Europa, a população mais jovem e o controle da taxa de natalidade cooperaram para o aumento da população islâmica, já que a população europeia tem uma baixa taxa de natalidade, enquanto a população muçulmana e a população muçulmana que residem na Europa têm a taxa de natalidade maior e a imigração ilegal também seria um fator para o crescimento.

CONTEXTO HISTÓRICO DO TERRORISMO 

Fonte: https://newspressrelease.wordpress.com/2016/04/14/agencia-confirma-existencia-de-ameaca-de-terrorismo-ao-brasil/

Recorrendo a historia, podemos nos lembrar de que a diferença entre as culturas não é um problema atual, os judeus já sofreram bastante no passado, onde milhares foram exterminados em campos de concentração ao comando de Adolf Hitler. Os historiadores afirmam que os ataques terroristas difundiram do século I d. C. onde os sicários que eram judeus radicais atacavam pessoas que apoiava o governo romano, já no século XI encontramos relatos de um grupo de muçulmanos que também assassinavam pessoas do oriente médio. 

Desde o século XIX os grupos de terroristas tinham como objetivo em conquistar a sua liberdade em sociedade, eles são contra os regimes democráticos. E naquele período a sua principal ideia era ter um território sem o domínio do estado. Partindo dessa ideologia, nasceram vários grupos terroristas pelo qual se espalharam em vários por vários territórios, como uma forma de usar de atentados para força os estados que são alvos dos grupos extremistas. A história do terrorismo nasceu no século I depois de Cristo, mas foi no século XXI que veio uma grande propagação de atentados, século em que definitivamente o mundo passou a se preocupa com as ações desses grupos.

O terrorismo nos dias atuais é uma preocupação global. Visto que por meio da internet, as comunicações ficaram muito mais rápidas em comparação aos séculos passados. Nas manchetes diárias que assombram o mundo vemos que a Europa tem se tornado o centro dos ataques terroristas. Muitos fatores podem está influenciando, como sabemos a Europa é baseada na filosofia Grega, no qual foi constituído o Ocidente e se refletiu na cultura, política, ética e também na democracia, ideias essas que são contrarias aos objetivos de extremistas. Grupos como Baader-Meinhoff na Alemanha, AL-Fatah no Oriente Médio são grupos que usam da violência para conquistar seus interesses políticos atualmente. Desde crianças já crescem na crença, são preparados para matar e morrer. São ensinadas a lutar por Deus e pelo estado islâmico, desde cedo essas crianças são doutrinadas a praticar violência e são treinadas para participarem de atentados. 


Os islâmicos baseiam-se no livro alcorão, escrito pelo profeta Maomé criou a lei sharia, eles usam essa lei para praticar a violência, este livro (alcorão) tem como objetivo converter todas as religiões para o islamismo nele tem escrito, por exemplo, que a punição para homossexualidade deve através da morte.  As pessoas contraditórias são executadas de forma cruel. Para todo atentado existe uma causa como a justificativa da Al Qaeda, onde os seus ataques é mais por questão política, A Isis (estado Islâmico) é por questões religiosas.                      

Muito de diz que a vendas de petróleo e gás é o principal financiamento para custear a compra de tecnologia, dessa forma que eles adquirem armas e explosivos modernos para fortalecer os seus militantes. 

GRUPOS TERRORISTAS 

 1-AL-QAEDA

Responsável pelo atentado das torres gêmeas ficou conhecido internacionalmente como um dos grupos mais perigosos. Sabemos que O EUA após os atentados, passou a desenvolver políticas negativas aos muçulmanos, ocorreram muitas restrições então, o grupo como fundador Bin Laden possui militantes em varias países pelo mundo, hoje Osama Bin Laden encontra-se morto após um esquema estratégico que o capturou pela Marinha do EUA. 

2-BOKO HARAM

Boko Haram situados na Nigéria são baseados em ideologias do fundamentalismo religioso, no qual são contra as doutrinas do ocidente, grupo fundado por Mohammed Yusuf tem o objetivo de conquistar uma república islâmica. Analisando esses grupos até o momento, percebemos como eles utilizam da opressão e ameaça para conquistar de uma forma autoritária e ditatorial os seus objetivos, esses grupos cada vez mais estão conquistando território e alienando novos militantes, tornando um perigo para segurança internacional. 

3-ESTADO ISLÂMICO

O Estado Islâmico, conhecido pela sigla EIIS são fundamentalistas que utilizam do livro Islã para justificar o radicalismo praticado contra a sociedade. São pessoas de doutrina autoritárias, e que impõem os valores que devem ser seguidos. O principal objetivo desse grupo, difundido da Al-Qaeda, eles desejam dominar a região com sucessores de Maomé. Rompendo com a liberdade, a extinção de homossexuais, assim como também regras sobre as vestimentas femininas. Cidade como, Tal Afar, Kirkuk, Mossul, são locais de atuação desse grupo. 

São muitos conceitos para o terrorismo, o uso da violência apenas é uma forma de causar o alarde nas mídias internacionais em intimidar a nação ou inimigos não estatais, percebemos quando vemos que suas vitimas muitas das vezes são mortas simplesmente por estarem no local errado e numa hora em que ocorrem ataques de grupos. Os estados possuem seus interesses diversos, e isso já não é novidade que influencia negativamente em brigas políticas. A incitação à violência infelizmente vem causando milhares de mortos pelo redor do mundo.

ATENTADOS TERRORISTAS RECENTES NA EUROPA

Fonte: http://gilmar.blogosfera.uol.com.br/2015/09/03/imigracao-na-europa/

Em 2015, recorrendo aos conflitos na síria mais de 4 milhões de pessoas buscaram refugio na Europa, países como Alemanha, Suécia, Hungria e entre outros foram destino de muitos refugiados. Como já havíamos comentado nesse artigo, a xenofobia com os imigrantes é tão intensa que de nada fizeram para legalizar a entrada desses imigrantes, a segurança internacional após analises, alertou sobre a possível infiltração de militantes pertencentes a grupos de terroristas aproveitarem o acontecimento para adentrar de uma forma mais fácil em território europeu. 
Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/01/um-ano-apos-massacre-do-charlie-hebdo-franca-se-mostra-dividida.html

No dia 7 de Janeiro de 2015, 12 pessoas morreram em Paris na Rua Nicolas-Appert, onde se localiza o Jornal Charlie Hebdo. O atentado foi motivado após uma publicação de uma charge insultando os islamistas. Uma forma não muito interessante para combater a risco sobre as ideologias dos extremistas, provocando ainda mais por meio da liberdade expressão a ira de grupos que passaram desde 2002 persegui o jornal.

CONCLUSÃO

 Atos criminosos pretendidos ou calculados para provocar um estado de terror no público em geral, num grupo de pessoas ou em indivíduos para fins políticos são injustificáveis em qualquer circunstância, independentemente das considerações de ordem política, filosófica, ideológica, racial, étnica, religiosa ou de qualquer outra natureza que possam ser invocadas para justificá-los. - Declaração sobre Medidas para Eliminar o Terrorismo Internacional. [1]


O terrorismo na Europa não é um assunto atual, ele parte deste um contexto histórico que influenciou demasiadamente na geração atual que se sustentam a base de seus interesses políticos. A imigração na Europa pode ser sim uma das causas que vem fortemente agravando esses ataques, mas percebemos que a outro problema devido à xenofobia contra os imigrantes. O que acontece é que os países não buscam soluções para combater o terrorismo, se mostrando de um estado fraco para resolver os problemas que afetam a segurança. 

Há intolerância religiosa de grupos que utilizam de um livro sagrado para justificar o ódio é totalmente contraditória da verdadeira filosofia da religião. O que nunca vai resolver é esperar cada vez mais grupos se fortalecendo e comprometendo a segurança de todos, é preciso da união dos países para encontrar possíveis soluções para combater os ataques terroristas pelo globo. O Brasil não escapa de ser um futuro alvo desses ataques, precisamos pensar mais em fortalecer a segurança nacional enquanto o ódio cada vez mais é proliferado pela sociedade.

Citação:

[1] https://nacoesunidas.org/acao/terrorismo/

Bibliografia:

Conexão Paris, 2015. Disponivel em: <https://www.conexaoparis.com.br/2015/01/08/por-que-cibla-do-atentado-foi-charlie-hebdo/>. Acesso em: 25 novembro 2016.

CARVALHO, L. Brasil Escola. Uol. Disponivel em: <http://brasilescola.uol.com.br/historia/terrorismo.htm>. Acesso em: 21 Novembro 2016.

G1. G1 Mundo. Globo.com, 2015. Disponivel em: <http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/03/refugiados-sirios-sao-48-mi-em-paises-vizinhos-e-900-mil-na-europa-diz-onu.html>. Acesso em: 26 novembro 2016.

NOTICIAS, D. D. DN, 24 março 2016. Disponivel em: <http://ccs.infospace.com/ClickHandler.ashx?encp=ld%3d20161126%26app%3d1%26c%3dsosodesk%26s%3dbysenda%26rc%3dsosodesk%26dc%3d%26euip%3d177.136.120.242%26pvaid%3d7b455fe7028d47c8aaf4e72e0653d050%26dt%3dDesktop%26fct.uid%3d847b19a78c9041d49e16edb880613966%26>. Acesso em: 18 novembro 2016.

OSHIMA, F. Y. Época. Globo.com, 28 Março 2016. Disponivel em: <http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2016/03/terrorismo-o-teto-de-vidro-da-europa.html>. Acesso em: 22 Novembro 2016.


RINCÓN, M. L., 2016. Disponivel em: <http://www.megacurioso.com.br/cotidiano/99622-por-que-a-franca-virou-alvo-dos-ataques-terroristas-que-ocorrem-na-europa.htm>. Acesso em: novembro 2016.
 


MARTINS, E. Cola da Web, 2015. Disponivel em: <www.colladaweb.com/historia/terrorismo>. Acesso em: 24 novembro 2016.


Fotos retiradas da internet. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário